Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Cientistas russos provam existência de mítico continente antigo

© Sputnik / Aleksei Kudenko / Abrir o banco de imagensTerra de Francisco José
Terra de Francisco José - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os cientistas do Instituto de Geologia e Geofísica Petrolífera de Trofimuk da Academia de Ciências da Rússia provaram a existência da Arctida, antigo continente da Terra, comunicou a edição Izvestia.

Os especialistas realizaram o estudo usando o método paleomagnético, que permite determinar a localização das placas tectônicas e sua deslocação no espaço milhões anos atrás. A análise de amostras de rochas de vários arquipélagos árticos, inclusive a Terra de Francisco José, Nova Zembla, Severnaya Zemlya e ilhas da Nova Sibéria, permitiram os geólogos examinar a "biografia" da Arctida.

Segundo os cientistas, o continente existiu e "tentou se formar" duas vezes. Pela primeira vez, as placas tectônicas se juntaram milhões de anos atrás, quando a Arctida fazia parte do supercontinente Rodínia. Cerca de 750 milhões de anos atrás, o continente se desintegrou completamente, comunicou a edição.

Cidade história de Petra, na Jordânia - Sputnik Brasil
Alarme dispara por risco de inundação na Jordânia (VÍDEO)
Na segunda vez, a Arctida foi formada há aproximadamente 250 milhões de anos e fez parte do novo supercontinente Pangeia. Já depois da segunda desagregação, durante a formação do oceano Ártico, os fragmentos da segunda Arctida foram redistribuídos de novo, criando a atual plataforma continental ártica, destacaram os pesquisadores.

Eles examinaram também o mito sobre um antigo país do norte, Hiperbórea, e seu povo, descritos pelo naturalista romano Plínio, o Velho. Os geofísicos têm a certeza de que a hipótese sobre a pertencimento desse mítico país à Arctida não suporta a crítica.

"Nós falamos de um corpo geológico que existiu centenas de milhões de anos atrás. É óbvio que nenhuma civilização podia existir naquele tempo", ressaltou o pesquisador do laboratório de geodinâmica e paleomagnetismo, Nikolai Matushkin.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала