Caças da Força Aérea chinesa demonstram desempenho de alto nível durante apresentação

© AP Photo / Li Gang / XinhuaCaça furtivo J-20 voa durante a Exposição Internacional de Aviação e Aeroespacial da China (foto de arquivo)
Caça furtivo J-20 voa durante a Exposição Internacional de Aviação e Aeroespacial da China (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os caças chineses participaram do Airshow China 2018, que decorre no país. Durante a participação os caças apresentaram um desempenho de alto nível.

A demonstração contou com os caças J-10B e J-20 de quinta geração. Após a apresentação foi possível notar que a aviação militar chinesa está evoluindo rapidamente.

A apresentação teve duração média de 15 minutos, nos quais foi possível presenciar um número de manobras impressionantes, segundo a revista Military Watch.

O caça chinês de quinta geração, J-20, foi adotado pela Força Aérea do país em fevereiro deste ano, o caça também é chamado de "dragão poderoso" e é um dos mais avançados do mundo. Além disso, ele tem um teto de 20 quilômetros e velocidade máxima de aproximadamente 2.470 quilômetros por hora, além de um alcance em torno dos 1.100 quilômetros.

Dos aviones Chengdu J-20 en el espectáculo aéreo anual Airshow China en Zhuhai - Sputnik Brasil
Novíssimo caça furtivo chinês J-20 faz raro aparecimento no céu (VÍDEO)
O J-20 conta com motores WS-10B chinês ou AL-31FM2/3 russo, porém deverá estar recebendo o novo motor WS-15. Também possui ‘invisibilidade', compartimentos internos para armas, sendo capaz de transportar até seis mísseis ar-ar, mísseis de longo alcance e bomba guiada de precisão LS-6.

O valor estimado de fabricação do J-20 seria de aproximadamente 16 bilhões de reais, tendo um custo unitário de aproximadamente 412 milhões de reais.

Já o J-10B, considerado um análogo do caça russo MiG-35, está equipado com um motor de empuxo vetorado (TVC), além de ser propulsado por uma versão avançada do motor chinês WS-10. Essa vetorização de empuxo é capaz de melhorar a capacidade de manobra do caça, pois o mesmo não dependeria apenas das superfícies de controle aerodinâmico.

Além disso, a aeronave conta com radar AESA, sensor IRST e o novo sistema de guerra eletrônica, assim como mais armamento. Inclusive, seus mísseis ar-ar podem atingir o nível de elevação mais alto do mundo.

Os motores chineses sempre foram a fraqueza de seus caças, entretanto, o gigante asiático está mostrando para o mundo que está elevando suas tecnologias. Isso ficou claro durante a apresentação aérea de seus caças, que realizaram diversas manobras e voos avançados com perfeição.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала