Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Vazamento de radiação é registrado em instalação nuclear no Japão

Nos siga no
A Agência de Energia Atómica do Japão (JAEA) comunicou na quinta-feira (8) que na instalação situada no povoado de Tokaj, na ilha de Honshu, foi registrada contaminação radioativa.

Segundo a agência Kyodo, a contaminação foi descoberta na instalação de transformação de plutônio. O nível de radiação foi de 833 becquerels. As instalações e usinas nucleares são obrigadas a comunicar tais incidentes ao comité para controlo da energia atómica no caso de estes ultrapassarem o nível de 370 mil becquerels.

Na quarta-feira à tarde os funcionários da JAEA registraram a existência de contaminação radioativa perto de um contêiner hermético, que era manuseado com a ajuda de luvas especiais.

A nuvem de cogumelo do Ivy Mike (codinome dado ao teste) se eleva acima do Oceano Pacífico sobre o Atol Enewetak nas Ilhas Marshall em 1 de novembro de 1952 - Sputnik Brasil
Sobreviventes da bomba atômica do Japão pedem que Trump não abandone Tratado com a Rússia
A razão do pequeno vazamento de radiação teria sido o envelhecimento do isolante de borracha que garantia a hermeticidade. Ninguém ficou ferido e não houve danos para o meio ambiente.

Em 2014, foi tomada a decisão de desativar esta instalação nuclear, por estar obsoleta. O processo de desmantelamento levará cerca de 70 anos, custando aproximadamente um trilião de ienes (R$ 30 bilhões). A instalação produzia combustível nuclear MOX, uma mistura de plutônio e urânio.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала