Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Como rede de comunicação secreta da CIA foi invadida por iranianos através do Google?

© AFP 2021 / Saul LoebLogotipo da CIA
Logotipo da CIA - Sputnik Brasil
Nos siga no
A rede usada pela Agência Central de Inteligência (CIA) para se comunicar com suas fontes foi "invadida" pelos iranianos através de busca do Google, que já estava ciente sobre a vulnerabilidade, informou Yahoo News.

O comprometimento da rede de comunicação, baseada na Internet e utilizada pela agência para manter contato com agentes e recursos em nações estrangeiras, pode ser considerado um dos maiores fracassos da inteligência dos EUA, resultando em execuções e prisões de dezenas de espiões americanos pelos chineses.

Emblema da CIA em sua sede em Langley, Virgínia, EUA - Sputnik Brasil
Programador da CIA preso por vazamentos à Wikileaks diz ter sido submetido a 'tortura'
A falha também permitiu ao Irã penetrar o sistema com significativa facilidade, porque este nunca foi planejado para o propósito para o qual foi usado, comunicou o site de notícias.

A plataforma foi inicialmente usada para zonas de guerra no Oriente Médio e não foi projetada para longas comunicações, muito menos para ações de contra-inteligência.

"A questão era que estava funcionando bem por muito tempo, com muitas pessoas. Mas era um sistema elementar", disse um ex-funcionário da inteligência dos EUA.

Por volta de 2010, os iranianos conseguiram invadi-la com facilidade, identificando um dos sites usados na rede por meio de um agente duplo e, posteriormente, usando a busca do Google para encontrar sites com impressões digitais semelhantes. Os que visitaram os referidos sites foram rastreados, resultando no desmantelamento de toda a rede da CIA.

Washington acha que Irã possa ter recebido ajuda da China para "penetrar" no sistema, e que Pequim possa ter compartilhado com Moscou suas descobertas sobre como os espiões americanos operam. Porém, segundo o relatório, não há nenhuma evidência sobre isso.

Visitante tira foto com celular no stand do Google no âmbito do Congresso Mobile World, em 28 de fevereiro de 2017, em Barcelona - Sputnik Brasil
História suprimida: como CIA e NSA ajudaram a criar o Google para espionar cidadãos?
Um fornecedor na área da defesa, chamado John Reidy, que trabalha para identificar, contatar e administrar recursos humanos para a CIA no Irã, havia avisado a agência sobre a vulnerabilidade do sistema anos antes dos iranianos o conseguirem fazer. No entanto ninguém levou seus alertas em consideração, inclusive tendo sido punido pelo constrangimento que supostamente havia causado na época.

"Este é um dos mais catastróficos fracassos da inteligência desde 11 de setembro", disse Irvin McCullough, analista de segurança nacional do Government Accountability Project, adicionando que "a CIA puniu a pessoa que identificou o problema".

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала