Astrofísicos recebem sinais de rádio enigmáticos do espaço

© Sputnik / Maria Plotnikova / Abrir o banco de imagensAlém do telescópio BTA, no Observatório astrofísico há o radiotelescópio RATAN-600, que possui uma antena anular com diâmetro de 600 metros. O RATAN-600 localiza-se a 20 km do BTA e a uma altitude de 970 metros
Além do telescópio BTA, no Observatório astrofísico há o radiotelescópio RATAN-600, que possui uma antena anular com diâmetro de 600 metros. O RATAN-600 localiza-se a 20 km do BTA e a uma altitude de 970 metros - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Astrofísicos australianos conseguiram novos detalhes de um dos fenômenos mais surpreendentes da astrofísica – rajadas rápidas de rádio.

Astrofísicos australianos da Universidade Curtin descobriram novas peculiaridades da essência das rajadas rápidas de rádio, segundo artigo publicado na revista Astrophysical Journal Letters.

O radiointerferômetro australiano ASKAP (instrumento para observações astronômicas) registrou várias rajadas rápidas de rádio, enquanto o telescópio MWA, que escaneia o céu em frequências mais baixas, não conseguiu detectá-las, mesmo tendo sido posicionado para observar o espaço na mesma posição do ASKAP.

"Já que o ASKAP registrou esses eventos extremamente brilhantes e MWA não, nos diz que algo realmente inesperado está acontecendo; ou então rajadas rápidas de rádio não são emitidas em baixas frequências, ou os sinais são bloqueados a caminho da Terra", disse Dr. Sokolowski, autor principal do estudo.

A natureza das rajadas rápidas de rádio preocupa astrônomos desde 2007, quando o fenômeno foi descoberto.

Imagem do Universo - Sputnik Brasil
Astrônomos descobrem dezenas de novos 'sinais extraterrestres'
"É realmente emocionante ter uma pista sobre a origem destas incríveis explosões de energia de fora da nossa galáxia", disse o Dr. Macquart, que faz parte da equipe.

Os resultados obtidos com a ajuda de dois telescópios contribuirão para o desenvolvimento posterior de outras áreas da astronomia.

As rajadas rápidas de rádio são pulsos de rádio únicos com duração de vários milissegundos que emitem uma enorme quantidade de energia. A luminosidade de uma explosão é um bilhão de vezes maior do que a energia emitida pelo sol. A origem desse fenômeno ainda é desconhecida.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала