Regresso ao passado: veja FOTOS do 'tanque do século XXI' desenhado na URSS

© Sputnik / Stringer / Abrir o banco de imagensTanque T-64 durante treinamentos (imagem referencial)
Tanque T-64 durante treinamentos (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Durante longo tempo, os projetos de tanques soviéticos dos anos 1980 foram estritamente confidenciais. Só agora se torna possível saber quais os veículos blindados que poderiam ter entrado em serviço.

Por exemplo, segundo escreve o jornal Russkoe Oruzhie, naquela época foi criado o protótipo de um promissor "tanque do século XXI": o Projeto 490, um dos mais inéditos e inovadores da história da construção de tanques.

O Projeto 490 se distinguia por um alto nível de proteção da tripulação, dois motores com uma potência total de 2.000 cavalos e quatro lagartas, o que permitia que o veículo continuasse seu movimento mesmo em caso de falhas técnicas.

Tanque T-14 Armata durante ensaios da Parada de Vitória em Moscou (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Réplica ao Armata? Especialista militar comenta protótipo de novo tanque britânico
O principal armamento da versão final do tanque, de acordo com o jornal, era um canhão de 152 mm com uma munição totalmente automatizada para 32 disparos. O armamento adicional incluía duas metralhadoras de cano duplo em ambos os lados da parte traseira do tanque, bem como um lança-granadas automático de 30 mm, instalado na torre.

O tanque deveria atingir velocidades de mais de 75 km/h, enquanto as câmeras instaladas a bordo forneceriam um campo de visão circular.

​Projeto 490: última fantasia dos engenheiros soviéticos

O veículo era dividido em cinco compartimentos isolados: combustível, motores, armamento, carregador automático e tripulação. Estava previsto que o compartimento da tripulação seria equipado com um banheiro, aquecimento, ar condicionado e uma mini-cozinha.

Os engenheiros soviéticos construíram o veículo blindado ultra avançado na base de dois tanques T-64A e testaram o protótipo. No entanto, depois do colapso da URSS, eles abandonaram o projeto, conclui o artigo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала