Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Empresas sul-coreanas vão continuar trabalhando com o Irã apesar das sanções dos EUA

© AFP 2021 / STR / Vahidreza AlaiA bandeira do Irã em frente do foguete Safir Omid antes do seu lançamento
A bandeira do Irã em frente do foguete Safir Omid antes do seu lançamento - Sputnik Brasil
Nos siga no
As empresas sul-coreanas não pretendem cortar laços com o Irã em meio às sanções dos EUA, embora as restrições tenham que ser levadas em conta, disse sexta-feira o embaixador sul-coreano no Irã, Yu Chang Hwang, à agência de notícias Mehr.

Durante uma reunião com o vice-presidente da Câmara de Comércio, Indústrias, Minas e Agricultura de Teerã para Assuntos Internacionais (TCCIMA), Mohammad-Reza Bakhtiari, o embaixador ressaltou que os laços entre os dois países ainda estão intactos, informou a imprensa iraniana.

"O fato é que as empresas sul-coreanas estão interessadas em trabalhar no Irã e querem continuar sua cooperação comercial e empresarial com o Irã. É claro que o problema das sanções unilaterais impostas pelos EUA ao Irã deve ser levado em consideração", disse o embaixador.

Refinaria em Teerã, Irã (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Irã espera que UE seja capaz de garantir exportações de petróleo após sanções dos EUA
O diplomata sul-coreano acrescentou que as empresas estavam "pedindo isenção da sanção dos EUA… para continuar a compra de petróleo" do Irã.

Em 7 de agosto, entrou em vigor o primeiro conjunto de sanções americanas a Teerã, relativas à compra de dólares do Irã, comércio de ouro e metais preciosos, bem como vendas de aeronaves comerciais de passageiros e autopeças e serviços relacionados. No dia 4 de novembro, a segunda parte das sanções, relativas a vendas de petróleo e produtos relacionados, será restabelecida.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала