WADA vota a favor da reintegração da agência antidoping da Rússia

Nos siga noTelegram
A maioria dos membros do comitê executivo da Agência Mundial Antidoping (WADA, sigla em inglês) votou a favor da reintegração da agência antidoping da Rússia RUSADA, que está suspensa desde 2015 após acusações de ter violado o Código Mundial Antidoping.

O comitê executivo da WADA está reunido nesta quinta-feira (20) em Seychelles. O comitê é composto por 12 pessoas, incluindo o presidente da organização, Craig Reedie.

"A maioria dos membros do comitê executivo da WADA votou a favor da reintegração da RUSADA. Apenas algumas pessoas se manifestaram contra [a reintegração da agência russa]", disse à Sputnik uma fonte familiarizada à votação

Agência Mundial Antidoping - Sputnik Brasil
Conheça os bastidores por trás do acordo entre a Agência Mundial Antidoping e a Rússia
"O comitê executivo da WADA decidiu que a RUSADA cumpre o Código Mundial Antidoping", acrescentou o interlocutor da Sputnik.

Em 14 de setembro, a WADA declarou que seu comitê de revisão de conformidade recomendou a reintegração da agência russa antidoping RUSADA, que está suspensa desde 2015.

Em 2015, a WADA acusou a Rússia de várias violações de doping patrocinadas pelo país e declarou que a RUSADA não cumpria o Código Mundial Antidoping. Em agosto do ano passado, a organização divulgou um roteiro para readequação contendo 12 critérios que a Rússia teve que cumprir antes que o comitê pudesse recomendar a reintegração dos laboratórios do país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала