Putin e Trump teriam concordado que Irã deve sair da Síria durante cúpula em Helsinque

© REUTERS / Grigory DukorPresidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante coletiva de imprensa com seu homólogo russo, Vladimir Putin
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante coletiva de imprensa com seu homólogo russo, Vladimir Putin - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
De acordo com a fonte do governo dos EUA ouvida pela Reuters, o conselheiro de segurança nacional de Trump, John Bolton, discutirá o papel do Irã na Síria durante uma reunião com seu colega russo, Nikolai Patrushev, em Genebra na próxima semana.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, disse na terça que esta reunião programada é "um acompanhamento da cúpula de Helsinque para discutir uma série de importantes questões de segurança nacional".

U.S. President Donald Trump (L) and Israel's Prime Minister Benjamin Netanyahu speak to reporters before their meeting at the King David Hotel in Jerusalem May 22, 2017 - Sputnik Brasil
Netanyahu e ataques de Israel na Síria podem empurrar Trump para guerra com Irã
De acordo com a autoridade sênior dos EUA, os dois líderes concordaram em princípio durante a cúpula em Helsinque de que o Irã deveria sair da Síria. Putin, porém, teria pontuado que considerada a questão uma "tarefa difícil".

Oficiais dos EUA também disseram à Reuters que Trump e Putin discutiram o controle de armas, incluindo o Tratado START e o Tratado de Forças Nucleares Intermediárias (INF), que proibiu mísseis balísticos e de cruzeiro nucleares e convencionais.

No entanto, o funcionário ressaltou que os líderes não concordaram com o avanço no controle de armas, informou a Reuters.

A fonte da Reuters disse que Trump informou a Bolton, ao secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e ao enviado norte-americano à Rússia, Jon Huntsman, sobre os tópicos do encontro com Vladimir Putin.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала