Presidente da Moldávia se recusa a assinar lei contra mídia russa

© REUTERS / Gleb GaranichIgor Dodon em conversa com jornalistas após ser eleito presidente da Moldávia. Chisinau, 14 de novembro de 2016
Igor Dodon em conversa com jornalistas após ser eleito presidente da Moldávia. Chisinau, 14 de novembro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da República da Moldávia, Igor Dodon, disse nesta quinta-feira (26) que não aprovaria um novo código do parlamento moldavo sobre televisão e rádio, que defende a proibição dos programas de notícias russos.

Mais cedo, o parlamento da Moldávia aprovou um novo código para a televisão e radiodifusão. O documento confirma a introdução de normas que proíbem a retransmissão de programas de países que não ratificaram a Convenção Europeia sobre Televisão Transfronteiriça, incluindo a Rússia.

Presidente da Moldávia Igor Dodon durante uma reunião com Vladimir Putin, 17 de janeiro de 2017 - Sputnik Brasil
'Não faremos amizade com o Ocidente contra a Rússia', diz presidente da Moldávia
"A posição do presidente será firme — não assinarei esta lei. Mas situações semelhantes já ocorreram no passado, com as autoridades [moldavas] encontrando outras formas, inclusive por meio do Tribunal Constitucional, para aprovar medidas e suspender o presidente", Disse Dodon à emissora NTV Moldova.

Segundo o presidente, ao aprovar o novo código, as autoridades do país estão tentando limitar o direito do público de acesso à informação.

"Os canais de TV russos não foram proibidos em outros lugares da Europa, deixem que as pessoas escolham o que querem assistir", afirmou Dodon.

O parlamento moldavo adotou um projeto de lei no ano passado que visava combater a "propaganda estrangeira", incluindo a propaganda supostamente vinda da Rússia. O projeto proibia a transmissão de programas de TV e rádio que com informações analíticas, militares ou políticas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала