Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

NASA publica FOTOS nunca antes vistas da incrível lua de Saturno

Nos siga no
Os cientistas da NASA divulgaram novas fotos de Titã, a maior lua de Saturno, captadas pelo Espectrômetro de Mapeamento Visível e Infravermelho (VIMS, na sigla em inglês) da sonda Cassini antes de ter completado sua missão em 15 de setembro de 2017.

Segundo a NASA, trata-se das imagens "mais claras" da superfície daquela lua congelada capturadas até agora. As imagens representam 13 anos de dados que a sonda enviou de volta à Terra.

A imagem amarela do centro representa como se veria Titã pelos olhos humanos: nossa visão pode limitar a compreensão do universo, porque só podemos ver uma pequena faixa de comprimento de onda da luz. Isso significa que omitimos detalhes da emissão de luz provenientes de outros comprimentos de onda, como luz de rádio e micro-ondas, infravermelho, ultravioleta e raios X.

© NASA . JPL-Caltech/University of Nantes/University of ArizonaImagens em infravermelho de Titã captadas pela sonda Cassini
Imagens em infravermelho de Titã captadas pela sonda Cassini - Sputnik Brasil
Imagens em infravermelho de Titã captadas pela sonda Cassini

As fotos ao seu redor são as seis novas fotografias infravermelhas, que incluem tonalidades que o olho humano pode discernir. Cada um dos três canais de cor (vermelho, verde e azul) representa uma relação do brilho de dois comprimentos diferentes da onda infravermelha.

© NASA . JPL-Caltech/University of Nantes/University of ArizonaImagens em infravermelho da superfície de Titã, a maior lua de Saturno
Imagens em infravermelho da superfície de Titã, a maior lua de Saturno - Sputnik Brasil
Imagens em infravermelho da superfície de Titã, a maior lua de Saturno

Esse método se destina a destacar as características dos elementos que compõem essa lua, reduzindo as dificuldades de compreensão da imagem (distorção apreciável do meio, causada pela aplicação de um algoritmo de compressão com perda), combinando os arquivos em bruto sem editar.

Io, satélite Júpiter - Sputnik Brasil
NASA encontra evidências de novo vulcão ativo em satélite de Júpiter (FOTO)
Usando o conjunto único dessas imagens, os cientistas revelaram que Titã possui uma superfície complexa com inúmeras características geológicas, que incluem em sua superfície oceanos de hidrocarbonetos líquidos, rios, lagos e tempestades de metano.

O instrumento VIMS registra os comprimentos da onda infravermelha da luz que não estão dispersas pela atmosfera cheia de partículas de Titã, da mesma forma como os comprimentos da onda de luz visível. Esse processo exigiu muitas observações da Cassini, porque o planeta se via diferente cada vez que a sonda passava ao seu redor, dependendo dos diferentes níveis de luz solar ou mudanças na atmosfera do planeta ao longo do tempo. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала