Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Povo agressivo': Trump diz que Montenegro poderá envolver OTAN na 3ª Guerra Mundial

© Sputnik / Aleksei Vitvitsky / Abrir o banco de imagensPresidente dos EUA Donald Trump durante a cúpula da OTAN em Bruxelas.
Presidente dos EUA Donald Trump durante a cúpula da OTAN em Bruxelas. - Sputnik Brasil
Nos siga no
Em entrevista ao canal Fox News, o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que o novo membro da OTAN, Montenegro, pode envolver a Aliança em uma 3ª Guerra Mundial.

O líder norte-americano participou na semana passada da cúpula da OTAN em Bruxelas e voltou com novas perguntas sobre possíveis perigos ligados ao compromisso dos aliados de investir na defesa mútua.

Bandeiras da Ucrânia e da OTAN - Sputnik Brasil
Ucrânia lança novas munições no padrão OTAN
Após voltar do encontro com o presidente russo, Vladimir Putin, Trump falou com a Fox News e recebeu um pergunta hipotética sobre por que militares norte-americanos devem ir para Montenegro, que se juntou à OTAN no ano passado, para defendê-lo caso seja atacado.

O mandatário estadunidense disse já ter feito a mesma pergunta e apontou que apesar de ser um país pequeno, Montenegro tem um povo "muito agressivo".

"Montenegro é um país pequeno com pessoas muito fortes […] São pessoas muito fortes. São pessoas muito agressivas. Elas podem ficar agressivas e, parabéns, você está na Terceira Guerra Mundial", afirmou Trump.

Soldados da Brigada das Forças Especiais de Montenegro - Sputnik Brasil
'Hipocrisia e ingratidão': político sobre envio de tropas montenegrinas à fronteira russa
Além disso, Trump duvidou da necessidade de defesa comum dos países-membros da OTAN, prevista pelo Artigo 5 do Tratado.

Segundo ele, as tropas americanas não deveriam proteger Montenegro porque seria injusto, pois "eles não estavam pagando". Ao mesmo tempo, Trump admitiu que, segundo o Tratado, os Estados Unidos deverá defender Montenegro em caso de um conflito.

Montenegro aderiu oficialmente à Aliança em junho de 2017. A maioria da população da ex-república iugoslava esteve contra a adesão à OTAN e no país foram realizados protestos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала