Diplomatas ainda não têm acesso a russa acusada de ser espiã, diz embaixada

© AP PhotoIn this photo taken on Sunday, April 21, 2013, Maria Butina, leader of a pro-gun organization in Russia, speaks to a crowd during a rally in support of legalizing the possession of handguns in Moscow, Russia
In this photo taken on Sunday, April 21, 2013, Maria Butina, leader of a pro-gun organization in Russia, speaks to a crowd during a rally in support of legalizing the possession of handguns in Moscow, Russia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Diplomatas russos ainda não tiveram acesso a Maria Butina, que foi presa em Washington, no último domingo e acusada de conspiração para atuar como agente estrangeiro, informou a embaixada da Rússia nos Estados Unidos em um comunicado.

"A embaixada russa em Washington está pedindo às autoridades norte-americanas que concedam acesso consular à cidadã russa Maria Butina, acusada de conspirar para trabalhar como agente do governo russo sem a aprovação do Procurador Geral dos EUA", disse o comunicado na terça-feira.  "Até agora, não nos foi dada tal oportunidade".

Maria Butina estudou na Universidade Americana, em Washington, foi detida porque, segundo o Departamento de Justiça, ela infringiu a lei americana ao não informar previamente às autoridades que estava agindo nos Estados Unidos em nome do governo russo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала