Premiê britânica revela conselho de Trump sobre o Brexit: 'Processe a União Europeia'

© REUTERS / Carlos BarriaO presidente dos EUA, Donald Trump, cumprimenta a primeira-ministra britânica Theresa May durante a reunião anual do Fórum Econômico Mundial (WEF) em Davos, Suíça.
O presidente dos EUA, Donald Trump, cumprimenta a primeira-ministra britânica Theresa May durante a reunião anual do Fórum Econômico Mundial (WEF) em Davos, Suíça. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em coletiva de imprensa realizada na residência oficial da primeira-ministra Theresa May, o presidente Donald Trump assumiu ter soado "duro" ao dar uma sugestão sobre como a líder britânica poderia lidar com o Brexit. Em entrevista à BBC, May finalmente revelou que sugestão foi essa.

"Ele me disse que eu deveria processar a UE. Ele me disse 'processe a UE, não entre em negociações com eles, processe-os'", revelou a premiê em entrevista ao programa Andrew Marr Show, da BBC.

O presidente dos EUA, Donald Trump, e a primeira-ministra do Reino Unido Theresa May durante a cerimômina da cúpula da OTAN. NO fundo, o primeiro-ministro de Portugal, Anonio Costa. - Sputnik Brasil
Trump ameaça Reino Unido para caso o Brexit de Theresa May seja aprovado
May riu ao repetir a declaração, indicando ter desconsiderado o conselho do presidente estadunidense. Ela continuou dizendo "na verdade não, nós estamos entrando em negociação com eles".

Anteriormente, Donald Trump já tinha causado desconforto ao declarar em entrevista ao The Sun que May havia "destruído" o Brexit. Ao analisar o acordo preliminar obtido pela líder britânica nas negociações com Bruxelas, o presidente afirmou que "não foi para isso que as pessoas votaram, não foi o acordo do referendo". Mesmo sendo o convidado de honra em um jantar black-tie oferecido pela colega em sua homenagem, o estadunidense declarou ainda que o ex-secretário de Relações Exteriores, Boris Johnson, seria uma escolha melhor como premiê.

Durante a coletiva com May, Trump negou ter feito os comentários ao The Sun (uma propriedade de Rupert Murdoch, dono da Fox News) e classificou a reportagem como "fake news". O tablóide postou o áudio da entrevista no YouTube.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала