Estudo confirma ameaça ao Báltico devido a navio nazista afundado na 2ª Guerra Mundia

© Sputnik / Vladimir Vyatkinmar Báltico (foto de arquivo)
mar Báltico (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um petroleiro nazista localizado no fundo do golfo de Gdansk (Polônia) pode causar uma catástrofe ecológica, informou o canal TVN24 polonês.

Nesta terça-feira (3), foram divulgados os resultados do estudo sobre um petroleiro alemão afundado pelas tropas soviéticas em 8 de abril de 1945, poucos meses antes do fim da guerra e que foi encontrado em 2015 por especialistas poloneses. 

Gaivotas no mar Báltico - Sputnik Brasil
Cientistas preveem catástrofe ecológica no mar Báltico
Segundo os especialistas, a embarcação poderia conter até 1,5 milhão de litros de combustível, centenas de toneladas de lubrificante e quase mil toneladas de munições. Em conexão a isso, Olga Sarna, da fundação MARE (Centro de Ciências do Mar e do Ambiente), advertiu que o navio poderia causar uma "catástrofe ecológica".

Por sua vez, o especialista do Instituto Marítimo de Gdansk, Benedykt Hac, apontou à televisão polonesa que há o risco de o petroleiro ser destruído por seu próprio peso, o que provocaria o vazamento de combustível para o mar. Segundo suas estimações, a solução para o problema deve ser encontrada no prazo de 10 anos no máximo. 

Caso nenhuma ação seja levada a cabo, o petroleiro destruirá não somente o ecossistema local, mas também ameaçará a economia da região, já que impedirá o turismo nos próximos anos.

De acordo com o especialista, primeiro é necessário extrair as munições e depois drenar o combustível. Entretanto, o procedimento, segundo Hac, pode ser muito oneroso: entre €5 e 10 milhões (de R$22 a 44 milhões).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала