Costa Rica caminha para trocar frota veicular e se ver livre de combustíveis fósseis

© REUTERS / Juan Carlos UlatePresidential candidate of the ruling Citizens' Action Party (PAC), Carlos Alvarado
Presidential candidate of the ruling Citizens' Action Party (PAC), Carlos Alvarado - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Costa Rica se tornará a primeira nação do mundo a eliminar completamente o uso de combustíveis fósseis.

Em maio, o novo presidente do país, o ex-jornalista Carlos Alvarado anunciou o plano de banir os combustíveis fósseis durante seu discurso de posse.

"A descarbonização é a grande tarefa de nossa geração e a Costa Rica deve ser um dos primeiros países do mundo a realizá-la, se não a primeira", disse Alvarado a uma multidão de apoiadores, segundo o jornal The Independent.

Trabalhador em refinaria de petróleo - Sputnik Brasil
Fundo de investimentos da Noruega não vai mais colocar dinheiro em combustíveis fósseis
Atualmente, mais de 99% da eletricidade da Costa Rica é gerada por meio de fontes de energia renováveis. No entanto, alcançar o transporte de carbono zero, um dos grandes desafios ambientais de qualquer país, será árduo.

Segundo o pesquisador de energia costarriquenho da Universidade da Califórnia em Berkeley, José Daniel Lara, a eliminação completa dos combustíveis fósseis em apenas alguns anos — a meta do presidente — é improvável.

"Uma proposta como essa deve ser vista por seu valor retórico e não por sua precisão técnica", disse Lara ao Independent.

O presidente da Associação de Importadores de Veículos e Máquinas, Oscar Echeverría também observou que a obtenção rápida de 100% de transporte limpo será problemática porque a infraestrutura necessária ainda não existe.

"Se não houver infraestrutura anterior, competência, preços acessíveis e gerenciamento de resíduos, estaremos levando este processo ao fracasso. Precisamos ter cuidado", disse Echeverría.

Costa Rica - Sputnik Brasil
Costa Rica deixa completamente de usar combustíveis fósseis
A demanda por carros na Costa Rica está em ascensão. De acordo com dados de 2016 do Registro Nacional do país, havia duas vezes mais carros registrados do que os bebês nascidos naquele ano. Além disso, o Instituto Nacional de Meteorologia do país revelou que 64% das emissões do país da América Central são provenientes do uso de energia e mais de dois terços disso podem ser atribuídos ao setor de transporte.

A Costa Rica, no entanto, está dando um poderoso exemplo ao resto do mundo, independentemente de quanto tempo levará para se livrar da dependência de combustíveis fósseis. É o que avalia a especialista costariquenha em sustentabilidade e diretora da Costa Rica Limpia, Monica Araya. Ela defende a energia renovável e a popularização do transporte elétrico.

"Livrar-se dos combustíveis fósseis é uma grande ideia vinda de um pequeno país. Esta é uma ideia que está começando a ganhar apoio internacional com o surgimento de novas tecnologias", disse Araya.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала