Grã-Bretanha quer preservar acordo de livre comércio com UE depois do Brexit

© AP Photo / Geert Vanden WijngaertA chanceler alemã, Angela Merkel, à esquerda, fala com a primeira-ministra britânica Theresa May, centro, e com o presidente francês Emmanuel Macron antes de uma mesa redonda em uma cúpula da UE em Bruxelas.
A chanceler alemã, Angela Merkel, à esquerda, fala com a primeira-ministra britânica Theresa May, centro, e com o presidente francês Emmanuel Macron antes de uma mesa redonda em uma cúpula da UE em Bruxelas. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A primeira-ministra da Grã-Bretanha, Theresa May, declarou que Londres pretende negociar a conservação do acordo de livre comércio com a União Europeia depois do Brexit.

Nesta sexta-feira, foram realizadas consultas entre os ministérios britânicos para definir uma estratégia conjunta de Londres durante as negociações com Bruxelas a respeito do Brexit. 

British Union flag waves in front of the Elizabeth Tower at Houses of Parliament containing the bell know as Big Ben in central London - Sputnik Brasil
Brexit pode custar 10 bilhões de libras a mais do que o estimado anteriormente
"Hoje, durante uma discussão pormenorizada, o governo definiu a nossa posição para as futuras negociações com a UE. Propomos instautar uma zona de livre comércio entre a Grã-Bretanha e a UE, que contemple um registro unificado dos produtos industriais e da produção agro-pecuária", disse May aos jornalistas.

Segundo ela, a medida visa manter os altos padrões nessas áreas. Além disso, Londres assegurou que o regime de livre comércio atual não deverá sofrer modificações sem uma aprovação do parlamento britânico.

"Todavia, concordamos sobre um novo modelo alfandegário, que atende as necessidades do setor privado, e que contempla a celebração de novos acordos comerciais com os países ao redor do globo", explicou May.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала