'Encanadores ao resgate': EUA pedem que Rússia fabrique sanitários espaciais para eles

CC0 / Pixabay / Estação Espacial Internacional (EEI)
Estação Espacial Internacional (EEI) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Depois dos astronautas norte-americanos recusaram a deixar os cosmonautas russos a usar o sanitário em seu segmente da EEI, a NASA comprará santuários espaciais russos. Confira a onda de comentários que isso causou nas redes sociais!

A NASA firmou contrato com a corporação espacial russa de produção de foguetes Energia. A empresa prevê manutenção e reparações de vários componentes sanitários localizados a bordo do segmente norte-americano da Estação Espacial Internacional, diz o relatório anual da companhia russa.

Depois de esforços fracassados de engenheiros estadunidenses de criar seu próprio sanitário espacial, EUA decidiram mudar para o coletor de resíduos de fabricação russa. Por isso, em 2017, a NASA adquiriu um sanitário espacial de US$ 19 milhões (R$ 74 milhões).

"Ao longo do ano, foi cumprido o contrato com a NASA que previu a produção e entregas de sanitários espaciais e componentes de cabines ao segmento americano da Estação Espacial Internacional e serviços adicionais para a EEI. Os trabalhos foram feitos com êxito e o fornecimento ao cliente em noves etapas no âmbito de ordens prévias", comunica o relatório.

Astronauta Buzz Aldrin anda pela superfície lunar durante a 11 missão Apollo - Sputnik Brasil
Mulher processa NASA para ter o direito de possuir poeira lunar de Neil Armstrong
A maior vantagem dos sanitários espacial russos é que são capazes de reciclar urina em água potável.

O relatório da empresa também destaca que em 2017, mais contratos ligados à EEI foram firmados com o lado estadunidense.

No entanto, vale destacar que o sanitário espacial de produção russa ganhou fama na mídia depois que em 2007 os astronautas norte-americanos recusaram a deixar os cosmonautas russos a usarem as instalações de seu segmento.

Não é nenhuma surpresa que internautas russos logo começassem a zombar nas redes sociais sobre as notícias do último contrato da NASA.

​Talvez os sancionemos?

Podemos mesmo sancioná-los. E introduzir, no segmento russo da EEI, acesso pago ao sanitário.

​Deixem que fazem xixi pela janela

​É necessário instalar um [banheiro] feminino e masculino de madeira em seu segmento [norte-americano]

​Deixe que os mísseis de [Elon] Musk lhes entreguem pampers

​E como conseguiram voar até a Lua no século passado, se meio século depois ainda não podem consertar um sanitário em órbita a 408 km de altitude?

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала