Tribunal no Equador ordena prisão do ex-presidente Rafael Correa

© Sputnik / Mikhail Fomichev / Abrir o banco de imagensPresidente do Equador Rafael Correa
Presidente do Equador Rafael Correa - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Segundo AFP, um tribunal do Equador ordenou nesta terça-feira a prisão do ex-presidente do país Rafael Correa, que se encontra na Bélgica, por acusações relacionadas ao suposto sequestro de um opositor político na Colômbia.

Em junho, o ex-presidente equatoriano Rafael Correa foi submetido à investigação sobre o sequestro do ex-parlamentar Fernando Balda, ocorrido em 2012. Além disso, Correa foi intimado a comparecer cada duas semanas ao tribunal para ajudar na investigação.

Rafael Correa, ex-presidente do Equador, em foto de 2016. - Sputnik Brasil
Equador: população rejeita possível volta de Rafael Correa em referendo
Segundo a AFP, três agentes de inteligência já foram condenados à prisão no âmbito do caso, além de um ex-chefe de polícia e um ex-oficial de inteligência, que teria sido preso no mês passado na Espanha.

Enquanto isso, Rafael Correa disse recentemente não ter tido conhecimento do crime. "Eu não sei com o que ou com quem estou sendo relacionado", disse o ex-presidente equatoriano, acrescentando que talvez se trate de algum falso testemunho. 

"Eles nunca provarão nada, porque não há nada".

Rafael Correa foi o 43º presidente do Equador, entre 2007 e 2017.

A investigação sobre o sequestro de Fernando Balda foi iniciada em janeiro, enquanto o incidente aconteceu em 2012, na Colômbia. Em março, dois agentes de inteligência equatorianos foram detidos por possível envolvimento no sequestro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала