Operação SkyNet: China prendeu 4.141 suspeitos de corrupção em 90 países

© AP Photo / Jason LeeO presidente chinês Xi Jinping conta o hino nacional em um evento comemorativo do 200º aniversário de nascimento de Karl Marx, em Pequim, China.
O presidente chinês Xi Jinping conta o hino nacional em um evento comemorativo do 200º aniversário de nascimento de Karl Marx, em Pequim, China. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Milhares de fugitivos procurados pelos Estado chinês foram trazidos de volta nos últimos três anos como parte de uma operação contra funcionários corruptos, informou a Comissão Central de Inspeção Disciplinar da China nesta quinta-feira (7).

A agência de fiscalização estima que 4.141 suspeitos — incluindo 825 ex-servidores públicos e 52 de seus 100 criminosos mais procurados — foram capturados no exterior por avisos vermelhos da Interpol até o final de abril.

Wu Haitao, representante permanente adjunto da China perante a ONU, fala em reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU, em novembro de 2017 - Sputnik Brasil
Breve história de como China se tornou membro da ONU contra vontade dos EUA
A China também conseguiu recuperar cerca de US$ 1,58 bilhão em dinheiro roubado que foi retirado do país ilegalmente, de acordo com o relatório da agência.

As autoridades chinesas lançaram a campanha SkyNet há três anos para localizar suspeitos e recuperar recursos desviados. O relatório disse que o esforço abrangeu 90 países. Uma nova operação, chamada SkyNet 2018, começa neste ano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала