- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Novo triunfo alemão? Banco da Alemanha prevê quem vai vencer a Copa do Mundo

© Sputnik / Vladimir Pesnya / Abrir o banco de imagensTaça de campeão durante sorteio da Copa do Mundo 2018 (foto de arquivo)
Taça de campeão durante sorteio da Copa do Mundo 2018 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A uma semana do início da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, analistas do banco alemão Commerzbank previram que qual das 32 seleções irá erguer a taça do Mundial de futebol.

Segundo as avaliações da instituição financeira, a seleção alemã vai repetir o feito da Copa anterior, realizada em 2014 no Brasil.

Bandeira do Brasil enfeita ruas do país para a Copa do Mundo Rússia 2018 - Sputnik Brasil
'O que fazer': Brasil lança manual para torcedores que vão à Copa da Rússia

Economistas do segundo maior banco alemão dizem que a Alemanha tem 18% de probabilidade de ganhar. O Brasil é o segundo mais provável, segundo a pesquisa, com pouco menos de 13%.

Já Espanha, Argentina e França seguiram os líderes projetados, mostrou a análise. A Inglaterra recebeu uma chance de 6,2%.

Especialistas do Commerzbank já analisaram dados históricos de esportes ao longo dos anos, incluindo o viés de casa e o número de gols marcados em Copas do Mundo anteriores, rankings mundiais e histórico em torneios anteriores.

Para explicar a aleatoriedade inerente ao esporte, o Commerzbank executou 10.000 simulações em cada jogo.

Se a previsão der certo, a seleção alemã de futebol receberá sua quinta Copa do Mundo, igualando o recorde do Brasil – o único pentacampeão mundial de futebol. Eles também seriam a primeira seleção de futebol a conquistar o título em dois Mundiais consecutivos em mais de meio século.

Taça de campeão durante sorteio da Copa do Mundo 2018 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nova pesquisa aponta favorito da Copa 2018 e prevê 'revanche' na final

Estudos de big data são uma prática comum para grandes instituições financeiras e consultorias à frente de eventos esportivos proeminentes, como a Copa do Mundo, a Copa Stanley ou Roland Garros.

No mês passado, o banco suíço UBS também previu que a Alemanha venceria a Copa. Ao mesmo tempo, pesquisas da Universidade de Innsbruck previam que Alemanha e Brasil competiriam na final. Os especialistas de Innsbruck dão uma vantagem de 16,6% à equipe sul-americana, à frente dos 15,8% da Alemanha.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала