Turquia prende 9 suspeitos de terrorismo, incluindo 5 do próprio exército turco

© AP Photo / Emrah GurelSoldados do exército turco guardam a área na praça Taksim, no centro de Istambul, durante uma manifestação pró-Erdogan em 16 de julho de 2016
Soldados do exército turco guardam a área na praça Taksim, no centro de Istambul, durante uma manifestação pró-Erdogan em 16 de julho de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Segundo informações divulgadas na noite do dominfo (29), 9 pessoas foram presas na Turquia por suposta ligação com o movimento do clérigo islâmico Fethullah Gülen, a quem Ancara se refere como a Orgnazição Terrorista de Fethullah, segundo informou a mídia local citando fontes da área de segurança.

Dentre os presos estavam 5 suspeitos do Exército turco, detidos em uma operação na província de Mugla, no sudoeste o país, segundo a agência de notícias Anadolu.

Outros 4 suspeitos foram presos durante uma operação na província de Adana, no sul do país, ainda segundo informações da mesma agência.

O presidente dos EUA, Donald Trump, conversa com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, na chegada entrada da Ala Oeste da Casa Branca, em Washington, EUA, em 16 de maio de 2017. - Sputnik Brasil
EUA e Turquia querem resolver conflito de interesses em cidade na Síria
A agência informa que as operações foram realizadas simultaneamente em um total de 19 províncias turcas.

Para Ancara o movimento Gulen é responsável por planejar uma tentativa fracassada de golpe na Turquia, que aconteceu em julho de 2016, quando o governo turco prendeu milhares de militares, ativistas, autoridades e jornalistas por suspeita suspeitos de integrarem o grupo.

Fetullah Gulen, que vive nos Estados Unidos desde 1999, negou essas alegações em diversos momentos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала