'Monstro pré-histórico' sem olhos deixa biólogos britânicos perplexos (FOTO)

CC BY 2.0 / Francisco / IMG_0036.v01Tormenta no mar (imagem referencial)
Tormenta no mar (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um morador da cidade britânica de Liverpool encontrou na costa os restos de um "monstro" repleto de colmilhos e espinhos, informa o jornal Daily Mirror.

Sean Hall, de 28 anos, reparou na criatura quando estava passeando ao longo do rio Mersey, em Liverpool, diz o jornal

"Pensamos que ele estava com problemas, então nos aproximamos para dar uma olhada e ver se podíamos ajudá-lo a voltar ao mar. Mas ele estava morto", contou Hall.

O animal incomum tinha colmilhos, mas não tinha olhos e parecia que nunca os tinha tido. A descoberta pareceu para o britânico com um monstro aquático pré-histórico.

O homem decidiu esclarecer de que animal se tratava e ligou para várias organizações de proteção a animais, mas especialistas não conseguiram identificar os restos devido a grande decomposição, ficando todos perplexos.

Escultura do monstro do lago Ness na Escócia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Google Maps censura FOTOS de monstro do lago Ness: o que estão escondendo?
Segundo Leonie Robinson, biólogo marinho da Universidade de Liverpool, afirmou que a criatura deve ter morrido há muito tempo e pode ser qualquer animal desde marsuíno a peixe Grenadier.

Especialistas da Sociedade Real para Prevenção da Crueldade aos Animais acham que o "monstro" se encaixaria nos cetáceos, que incluem golfinhos e marsuínos.

Grenadier ou Macrourus são peixes do oceano profundo, que podem medir até 1,5 metro.

No dia 20 de março, surgiu notícia que um americano encontrou enquanto passeava de barco "algo parecido ao monstro do lago Ness". Especialistas explicaram se tratar de tubarão em decomposição.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала