Avião de guerra chinês viola espaço aéreo sul-coreano e cria tensão com Seul

© AP Photo / Li Gang / XinhuaCaça furtivo J-20 voa durante a Exposição Internacional de Aviação e Aeroespacial da China (foto de arquivo)
Caça furtivo J-20 voa durante a Exposição Internacional de Aviação e Aeroespacial da China (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério da Defesa sul-coreano convocou o adido militar chinês neste sábado (28) para expressar uma firme reclamação contra a violação por um avião de guerra chinês da zona de identificação da defesa aérea sul-coreana (KADIZ, na sigla em inglês), conforme disseram autoridades em Seul à mídia local.

De acordo com a agência de notícias Yonhap, o Ministério da Defesa pediu para que os chineses tomem precauções para previnir que esse tipo de incidentes se repita no futuro.

Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, e Xi Jinping, presidente da China, durante encontro informal em Wuhan, na China. - Sputnik Brasil
China e Índia preferem resolver diferenças com 'maturidade e sabedoria'
Ainda no começo do sábado (28), o Estado-Maior de Seul afirmou que a aeronave chinesa, supostamente um avião de reconhecimento, havia entrado no espaço do KADIZ a noroeste da ilha de Leo, tendo lá permanecido por cerca de quatro horas.

Vários jatos sul-coreanos foram enviados para monitorar a situação. Os pilotos sul-coreanos enviaram sinais para a aeronave chinesa com um apelo para evitar o aumento das tensões que poderiam levar a confrontos acidentais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала