Netanyahu coordenou ataque à base síria com Trump, diz mídia

© Sputnik / Ilia Pitalev / Abrir o banco de imagensAvião da Força Aérea síria na base aérea da Síria na província de Homs, Síria, 21 de fevereiro de 2016
Avião da Força Aérea síria na base aérea da Síria na província de Homs, Síria, 21 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Israel coordenou com antecedência o seu ataque ao aeródromo T-4 na província síria de Homs com Washington e os EUA aprovaram a iniciativa, escreveu o jornal norte-americano The Wall Street Journal, citando uma fonte.

Caça F-16 da Força Aérea de Israel - Sputnik Brasil
Israel tem 'total liberdade de ação' para bombardear alvos na Síria, diz ministro
Como afirmou o interlocutor do jornal, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, "após negociações com [Donald] Trump], ordenou lançar um ataque contra uma bateria de defesa antiaérea [iraniana], que tinha chegado recentemente [à base síria], para que as forças iranianas não pudessem utilizá-la contra aviões israelenses".

O WSJ sublinha que o sistema foi destruído antes de ser colocado em funcionamento. Além disso, as forças israelenses destruíram um hangar onde estavam deslocados drones utilizados pelos iranianos.

Na noite para 9 de abril, caças F-15 de Israel lançaram oito mísseis contra a base síria T-4, na província de Homs, cinco dos quais foram interceptados e três atingiram seus alvos. Segundo informou a agência síria SANA, o bombardeiro causou a morte de 14 pessoas, das quais 7 eram militares iranianos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала