Enigmática Coreia do Norte vista de binóculo

Nos siga noTelegram
Todos sabem que o Estado norte-coreano é muito fechado, por isso qualquer oportunidade de dar uma olhada à sua vida cotidiana é bem preciosa.

A Sputnik te apresenta uma coleção das fotos mais cativantes captadas na fronteira com este misterioso país.

© REUTERS / Damir Sagolj Mulheres captadas por binóculo na fronteira entre a China e a Coreia do Norte.
Mulheres captadas por binóculo na fronteira entre a China e a Coreia do Norte - Sputnik Brasil
1/15
Mulheres captadas por binóculo na fronteira entre a China e a Coreia do Norte.
© REUTERS / Damir SagoljTurista usa binóculo para olhar à Coreia do Norte de uma torre construída na parte chinesa da tripla fronteira entre a Rússia, a China e a Coreia do Norte.
Turista usa binóculo para olhar à Coreia do Norte de uma torre construída na parte chinesa da tripla fronteira entre a Rússia, a China e a Coreia do Norte - Sputnik Brasil
2/15
Turista usa binóculo para olhar à Coreia do Norte de uma torre construída na parte chinesa da tripla fronteira entre a Rússia, a China e a Coreia do Norte.
© Damir Sagolj Homem de bicicleta é visto no território norte-coreano perto da fronteira chinesa.
Homem de bicicleta é visto no território norte-coreano perto da fronteira chinesa - Sputnik Brasil
3/15
Homem de bicicleta é visto no território norte-coreano perto da fronteira chinesa.
© REUTERS / Damir Sagolj Ponte através do rio Yalu na fronteira entre a China e a Coreia do Norte.
Ponte através do rio Yalu na fronteira entre a China e a Coreia do Norte - Sputnik Brasil
4/15
Ponte através do rio Yalu na fronteira entre a China e a Coreia do Norte.
© REUTERS / Damir Sagolj Residentes locais e um militar no território norte-coreano vistos por binóculo a partir a China.
Residentes locais e um militar no território norte-coreano vistos por binóculo a partir a China - Sputnik Brasil
5/15
Residentes locais e um militar no território norte-coreano vistos por binóculo a partir a China.
© REUTERS / Damir SagoljPescador norte-coreano, com a bandeira chinesa em primeiro plano, no rio fronteiriço Yalu, entre a Coreia do Norte e a China.
Pescador norte-coreano, com a bandeira chinesa em primeiro plano, no rio fronteiriço Yalu, entre a Coreia do Norte e a China - Sputnik Brasil
6/15
Pescador norte-coreano, com a bandeira chinesa em primeiro plano, no rio fronteiriço Yalu, entre a Coreia do Norte e a China.
© REUTERS / Damir Sagolj Mulher norte-coreana, captada a partir da parte chinesa da fronteira, caminha entre as moradias da cidade de Hyesan.
Mulher norte-coreana, captada a partir da parte chinesa da fronteira, caminha entre as moradias da cidade de Hyesan - Sputnik Brasil
7/15
Mulher norte-coreana, captada a partir da parte chinesa da fronteira, caminha entre as moradias da cidade de Hyesan.
© REUTERS / Damir Sagolj Norte-coreanos captados no rio gelado Yalu a partir da parte chinesa da fronteira.
Norte-coreanos captados no rio gelado Yalu a partir da parte chinesa da fronteira - Sputnik Brasil
8/15
Norte-coreanos captados no rio gelado Yalu a partir da parte chinesa da fronteira.
© REUTERS / Damir Sagolj Posto de controle norte-coreano captado a partir da fronteira chinesa.
Posto de controle norte-coreano captado a partir da fronteira chinesa - Sputnik Brasil
9/15
Posto de controle norte-coreano captado a partir da fronteira chinesa.
© REUTERS / Damir Sagolj Guardas fronteiriços captados a partir da parte chinesa da fronteira.
Guardas fronteiriços captados a partir da parte chinesa da fronteira - Sputnik Brasil
10/15
Guardas fronteiriços captados a partir da parte chinesa da fronteira.
© REUTERS / Damir SagoljNorte-coreanos captados no rio gelado Yalu a partir da parte chinesa da fronteira.
Norte-coreanos captados no rio gelado Yalu a partir da parte chinesa da fronteira - Sputnik Brasil
11/15
Norte-coreanos captados no rio gelado Yalu a partir da parte chinesa da fronteira.
© REUTERS / Damir SagoljTuristas passeiam em uma lancha que parte do lado chinês da fronteira.
Turistas passeiam em uma lancha que parte do lado chinês da fronteira - Sputnik Brasil
12/15
Turistas passeiam em uma lancha que parte do lado chinês da fronteira.
© AFP 2022 / Damir SagoljMulher fotografada da parte chinesa da fronteira é vista do ponto de observação usado pelos turistas para dar uma olhada à Coreia do Norte.
Mulher fotografada da parte chinesa da fronteira é vista do ponto de observação usado pelos turistas para dar uma olhada à Coreia do Norte - Sputnik Brasil
13/15
Mulher fotografada da parte chinesa da fronteira é vista do ponto de observação usado pelos turistas para dar uma olhada à Coreia do Norte.
© REUTERS / Damir SagoljPessoas se fotografam perto da fronteira com a Coreia do Norte, na China.
Pessoas se fotografam perto da fronteira com a Coreia do Norte, na China - Sputnik Brasil
14/15
Pessoas se fotografam perto da fronteira com a Coreia do Norte, na China.
© REUTERS / Damir SagoljNorte-coreanos captados no rio gelado Yalu a partir da parte chinesa da fronteira.
Norte-coreanos captados no rio gelado Yalu a partir da parte chinesa da fronteira - Sputnik Brasil
15/15
Norte-coreanos captados no rio gelado Yalu a partir da parte chinesa da fronteira.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала