Rússia derrubará mísseis se EUA atacarem Síria, diz embaixador no Líbano

© Sputnik / Denis AbramovMíssil do complexo Uran, foto de arquivo
Míssil do complexo Uran, foto de arquivo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia se reserva o direito de abater todos os mísseis e destruir as fontes de fogo em caso de agressão dos Estados Unidos contra a Síria, disse o embaixador russo no Líbano, Aleksandr Zasypkin, ao canal de TV libanês Al-Manar.

Zasypkin enfatizou ao canal de televisão que "a Rússia cumprirá a declaração de seu presidente, associada a qualquer agressão dos Estados Unidos contra a Síria, abatendo mísseis dos EUA e atacando as fontes de fogo".

Militar estadunidense vigia área em veículo blindado na Síria - Sputnik Brasil
'Jogo à beira do fracasso': especialista avalia estratégia dos EUA na Síria
Anteriormente, o presidente norte-americano Donald Trump acusou a Rússia e o Irã de apoiar o líder sírio, Bashar Assad, tendo como base a informação de um suposto ataque químico na cidade de Douma, onde 40 pessoas poderiam ter morrido. A Rússia negou as informações sobre uma bomba de cloro supostamente usada pelo exército sírio naquela cidade. 

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse que o objetivo de acusar o uso de substâncias tóxicas pelas tropas sírias é para proteger terroristas e justificar possíveis ataques militares externos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала