Israel utiliza Força Aérea para matar 'terrorista armado' na fronteira com Faixa de Gaza

© AFP 2022 / Sais KhatibManifestante palestino na fronteira entre Gaza e Israel (foto de arquivo)
Manifestante palestino na fronteira entre Gaza e Israel (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Israel demonstrou estar pronto e disposto a usar o poderio da Força Aérea do país (FAI), como já o fez, para matar um único "terrorista armado" – um homem palestino visto na fronteira com a Faixa de Gaza.

"Durante a noite, um avião da FAI atacou um terrorista armado que se aproximou da cerca de segurança no norte da Faixa de Gaza", se lê em um tweet publicado na conta oficial das Forças de Defesa de Israel. O comunicado acrescentou que as operações das Forças de Defesa de Israel contra "terroristas" não permitirão causar "qualquer dano à segurança dos civis israelenses".

Não está claro quantas aeronaves e de que tipo foram expedidas para a operação. O palestino atingido pelo ataque israelense sucumbiu aos ferimentos no hospital de Shifa, na cidade de Gaza, segundo comunicou o Ministério da Saúde da Palestina.

Bandeiras de Israel e da Palestina - Sputnik Brasil
Rússia se oferece para intermediar diálogo de paz entre Israel e Palestina
Este é apenas o caso mais recente em que os militares israelenses recorreram ao seu poderio militar para atingir alguns palestinos. Na sexta-feira (30), antes do início dos protestos maciços chamados Grande Marcha do Retorno, um tanque israelense matou um palestino e deixou um ferido em estado crítico depois de eles se terem aproximado da cerca de segurança.

Israel somente confirmou o fato do tiroteio e afirmou estar investigando o incidente. O Ministério da Saúde da Palestina disse que o verdadeiro alvo do tanque israelense eram agricultores palestinos.

Antes dos protestos da sexta-feira (30), Israel avisou os palestinos que está preparado para usar munições reais contra aqueles que tentarem atravessar a cerca da fronteira, e posicionou mesmo mais de cem atiradores especiais na área. Contudo, pelo visto, os tanques estão se tornando a arma de eleição das Forças Armadas israelenses, já que outro palestino foi morto por um tanque nesta quarta-feira (4).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала