Ex-ministra catalã que estava na Escócia se entrega em delegacia

© REUTERS / Albert GeaProtesto pela independência da Catalunha, em Barcelona, dia 11 de novembro de 2017
Protesto pela independência da Catalunha, em Barcelona, dia 11 de novembro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A ex-ministra catalã Clara Ponsati, acusada pela Espanha de rebelião por conta de sua atuação no movimento de independência da Catalunha, se entregou em uma delegacia na Escócia nesta quarta-feira (28) e disse ser alvo de perseguição política.

Ponsati é professora da Universidade de St. Andrews na Escócia e pedirá fiança e audiência completa por conta das acusações de que ela tenha utilizado recursos públicos indevidos para organizar um referendo sobre a independência da Catalunha em outubro de 2017.

A primeira-ministra de Escócia Nicola Sturgeon - Sputnik Brasil
Premiê da Escócia diz que não pode proteger ex-ministra da Catalunha
"Clara continua confiante e determinada a revidar", disse seu advogado, Aamer Anwar, quando os dois chegaram à delegacia. As informações são da agência Reuters.

A ex-ministra acredita também que não vai receber um julgamento justo na Espanha.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала