EUA estão preocupados com potencial de mísseis de cruzeiro russos

© Foto / Serviço de imprensa da frota do Pacífico Navio russo efetua lançamento de mísseis de cruzeiro (foto de arquivo)
Navio russo efetua lançamento de mísseis de cruzeiro (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os novíssimos mísseis de cruzeiro russos são capazes de atingir o território norte-americano, afirmou Lori Robinson, general da Força Aérea dos EUA, durante uma reunião no Comitê das Forças Armadas do Senado.

Durante seu discurso, Robinson alertou para a ameaça crescente que o alcance considerável dos novíssimos mísseis de cruzeiro russos representa para o território dos EUA. 

"A Rússia prioriza o desenvolvimento de novíssimos mísseis de cruzeiro, que podem representar ameaça para estruturas localizadas no território da América do Norte", assinalou.

Imagem do novo drone submarino russo mostrada durante a mensagem anual de Vladimir Putin à Assembleia Federal Rússia - Sputnik Brasil
Novas armas russas provam que no mundo é 'impossível alcançar superioridade militar'
Além disso, Robinson se disse preocupada já que o lançamento de mísseis de cruzeiro russos é difícil de ser detectado. 

"Estou preocupada com as capacidades dos novíssimos mísseis de cruzeiro, que podem ser lançados de um bombardeiro ou de submarinos a uma distância muito maior que no caso dos antigos sistemas, e são capazes de superar nossa defesa antimíssil", afirmou a titular.

Enquanto isso, Robinson duvidou de que a Rússia pretenda atacar os EUA. Porém, apelou para criar novos métodos e uma nova tática de contraposição aos mísseis russos, frisando a importância de financiar o desenvolvimento de radares e sistemas de defesa. 

Em 1º de março, o líder russo proferiu o tradicional discurso anual perante a Assembleia Federal da Rússia.

Sub-secretário de Defesa dos EUA, John Rood, fala durante coletiva de imprensa sobre Revisão da Postura Nuclear. - Sputnik Brasil
Correndo atrás: EUA modernizam arsenal nuclear para alcançar Rússia e China
Durante o pronunciamento, foram mostrados vários vídeos com recentes desenvolvimentos do equipamento militar russo que nunca haviam sido publicados antes. Entre estes, o sistema de mísseis estratégico Sarmat, um míssil de cruzeiro de alcance ilimitado, um submersível não tripulado e o sistema de mísseis para aviação Kinzhal, entre outros.

Enquanto isso, o presidente frisou que a Rússia não pretende ameaçar ou atacar alguém, já que o novo arsenal foi desenvolvido para "garantir a proteção do país". 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала