Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

China promete responder a declaração de guerra comercial dos EUA

Nos siga no
A China está preparando uma resposta à decisão do governo Donald Trump de impor novas tarifas à importação de mercadorias chinesas, que podem provocar perdas de dezenas de bilhões de dólares.

Donald Trump na casa Branca, em janeiro de 2018. - Sputnik Brasil
Trump anuncia guerra comercial com a China e impõe tarifas de até US$ 60 bilhões
Em comunicado divulgado nesta quinta-feira, o Ministério do Comércio chinês disse que Pequim "tomará todas as medidas necessárias para defender resolutamente seus direitos e interesses legítimos". 

Mais cedo, a Casa Branca anunciou tarifas de aproximadamente US$ 60 bilhões sobre produtos chineses, prometendo elaborar uma lista completa dos bens a serem afetados dentro de 15 dias. Washington introduziu as medidas em resposta aos ganhos chineses com práticas consideradas injustas pelos EUA. Essas tarifas serão complementares às adotadas recentemente sobre a importação de aço e alumínio. 

De acordo com o Wall Street Journal, as medidas chinesas contra os EUA devem afetar principalmente produtos agropecuários, como soja, sorgo e suínos. Atualmente, a China importa cerca de um terço da produção norte-americana de soja, o que significa, segundo o jornal, que mudanças nessa área poderiam prejudicar diretamente a base eleitoral de Donald Trump em zonas rurais dos Estados Unidos. Outras respostas de Pequim podem incluir o cancelamento de pedidos de compra de aeronaves e outros produtos industriais de alto valor agregado. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала