Funcionários da Amazon entram em greve na Espanha

© AP Photo / Frank AugsteinLogo da Amazon é visto por detrás de arame farpado no centro de logística de Rheinberg, na Alemanha.
Logo da Amazon é visto por detrás de arame farpado no centro de logística de Rheinberg, na Alemanha. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Funcionários da equipe da gigante do comércio eletrônico, Amazon, planejam realizar sua primeira greve na região espanhola de Madri para exigir a melhoria das condições de trabalho no maior centro corporativo de logística do país, disseram os sindicatos.

O trabalho do centro, localizado em San Fernando de Henares, será interrompido por 48 horas — na quarta (21) e quinta-feira (22), de acordo com os sindicatos. Um total de 1.100 pessoas estão empregadas na instalação, enquanto outras 900 têm contratos temporários.

Protesto pela independência da Catalunha, em Barcelona, dia 11 de novembro de 2017 - Sputnik Brasil
Candidato a governar Catalunha é proibido de deixar prisão pela Justiça da Espanha
Os sindicatos pedem à Amazon que prorrogue um acordo coletivo, que expirou em dezembro de 2016. A empresa tentou transferir os empregados para um tipo diferente de acordo que não garante a preservação dos salários, a remuneração pelo trabalho extra e o benefício em caso de doença. A categoria também acredita que a Amazon tem reduzido postos especializados e redistribuído essas funções entre funcionários menos qualificados.

Em resposta, a administração da Amazon disse que continuará as negociações com os funcionários, a fim de proporcionar condições de trabalho competitivas.

Nos últimos anos, os funcionários da Amazon realizaram greves em outros países da União Europeia, como Alemanha, França e Itália, exigindo melhores condições de trabalho.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала