'Doença X' está chegando? Especialista indica chances de ocorrer nova epidemia global

© Sputnik / Igor Zarembo / Abrir o banco de imagensFuncionário do Hospital Regional para Doenças Infecciosas de Kaliningrado pratica medidas de resposta para um possível caso de ebola
Funcionário do Hospital Regional para Doenças Infecciosas de Kaliningrado pratica medidas de resposta para um possível caso de ebola - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Organização Mundial da Saúde (OMS) advertiu sobre a alta probabilidade de ocorrer uma nova epidemia global ameaçando a humanidade. Especialista em imunologia comentou sobre a previsão preocupante em entrevista à Sputnik.

Vírus - Sputnik Brasil
Médicos alertam sobre misteriosa doença X que poderia causar grave epidemia internacional
Atualmente, cientistas estão estudando os patógenos mais comuns que poderiam provocar uma grande emergência. Entre estes, estão patologias já conhecidas como doença causada pelo vírus ebola, febre de Lassa, como infecções ainda não identificadas, em particular a "doença X".

As possíveis fontes da doença X são variadas: mutação de infecções já conhecidas, como Zika vírus, além de infecções que são transmitidas do animal ao humano. Há também ameaças de vírus artificiais — armas biológicas, que podem ser roubadas de laboratórios.

Especialistas da OMS advertem que a nova epidemia pode se tornar tão mortífera para a humanidade como a Gripe Espanhola do início do século XX, que causou morte de milhões de pessoas.

Doutor em medicina e especialista russo em imunologia, Vladislav Zhemchugov, avaliou a possibilidade da epidemia global em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.

"No momento, a probabilidade de aparecer uma série de doenças que se espalhe a ritmos acelerados é de 50%. Para isso contribuem os laços globais, alto número de população humana, movendo pelo planeta a grandes velocidades. Se aparecer um vírus que se transmita pelo ar, a hipótese deste se espalhar será muito alta", avisou.

Naegleria fowleri - Sputnik Brasil
Confirmado na Argentina primeiro caso de morte por ameba que 'come cérebros'
Por outro lado, a medicina mundial avança e se tornou muito mais potente, o que foi provado pela reação a todos o tipos da gripe — aviária, suína, pneumonia atípica e a própria doença por vírus ebola, que apresenta uma grande ameaça.

Além disso, muitas pessoas vacinadas contra a gripe representam uma espécie de "zona protegida que impede o espalhamento dos vírus existentes", explicou o doutor.

No entanto, a vacina da gripe ao mesmo tempo estimula o vírus a superar os mecanismos do sistema imunológico de hoje, desenvolvendo novas formas.

"Este novo vírus, que pode se espalhar globalmente e rapidamente, foi batizado de doença X. É uma ameaça teórica, não certa, mas com alta probabilidade de se concretizar", disse Zhemchugov.

Segundo o especialista, tal classificação se faz para que o sistema mundial de saúde esteja pronto para um cenário parecido: poder prever a doença em uma etapa inicial, localizar seus focos, elaborar vacinas e etc, conclui o médico.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала