Mercado de criptomoedas estremece com artigo chinês cobrando regulamentação mais dura

© AFP 2022 / Petras MalukasAs letras gigantes, com a palavra "Blockchain", são exibidas na capital da Lituânia, Vilnius
As letras gigantes, com a palavra Blockchain, são exibidas na capital da Lituânia, Vilnius - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O jornal oficial do Partido Comunista Chinês pediu regulamentação mais dura para a tecnologia Blockchain, utilizada para realização de movimentações em criptomoedas).

A manchete no jornal partidário chinês The People's Daily com o título "Três Perguntas Sobre o Blockchain", ressaltou a intenção do governo de apoiar a tecnologia de alto nível, mas ao mesmo tempo advertiu sobre uso indevido de criptomoedas.

Moedas do bitcoin, Londres - Sputnik Brasil
Rússia e China podem vir a arquitetar apocalipse do bitcoin em 2018
O artigo oferece uma visão geral elaborada do uso do blockchain (mecanismo utilizado para realização de operações financeiras com BitCoins e outras criptomoedas) em vários setores da vida, de obras de caridade e sem fins lucrativos, bem como segurança e regulação financeira.

Além disso, a reportagem pede que mídia oficial da China chame a atenção do público sobre o tema, ao mesmo tempo em que endossa as políticas oficiais atuais, ou seja, a proibição imposta pelo banco central do país, o Banco Popular da China, em todas as ofertas domésticas de moedas iniciais (ICOs).

A reportagem afirma que, devido à tecnologia ainda ser "muito imatura", o público deve ser cauteloso ao fazer especulações, ao mesmo tempo que diferencia as novidades revolucionárias de alta tecnologia e as destinadas apenas a levantar fundos.

O governo é aconselhado a tomar medidas firmes e dobrar seu envolvimento em políticas criptoeconômicas:

"Para melhor promover e utilizar a tecnologia blockchain, o governo deve implementar políticas e regulamentos reforçados", diz o texto.

Moedas comemorativas da Cúpula dos BRICS em Ufa, Rússia em 2015 - Sputnik Brasil
BRICS pode criar criptomoeda alternativa ao dólar
Em uma entrevista com o People's Daily, Hu Danqing, especialista em produtos tecnológicos do gigante chinês Alibaba, reiterou a necessidade de regulamento estatal.

"A maior parte do atual hype de blockchain está focada na captação de recursos e na especulação em vez de resolver verdadeiramente os problemas do mundo real com a tecnologia blockchain".

No entanto, a principal mensagem do texto, isto é, um apelo a medidas governamentais mais duras, parece inconsistente com a recente linha de ação das autoridades chinesas. No outono de 2017, o Banco Popular da China proibiu não apenas todas as ICOs, como também fechou as  plataformas de negociação de criptografia em uma indústria que valeu centenas de milhões de dólares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала