Mais de 4 mil pessoas são evacuadas da Praça Vermelha em Moscou por ameaça de bomba

© Sputnik / Aleksandr Gal'perin / Abrir o banco de imagensAmeaça de bomba sendo verificada na Rússia
Ameaça de bomba sendo verificada na Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Cerca de 4.000 pessoas foram evacuadas do shopping Okhotny Ryad, nas proximidades da Praça Vermelha no centro de Moscou, depois de uma denúncia anônima de atentado a bomba, disse uma fonte nos serviços de emergência à Sputnik.

A inspeção do prédio está em andamento.

Vladimir Putin e Donald Trump se reúnem pela primeira vez na cúpula do G20 - Sputnik Brasil
Rússia desmonta célula terrorista com ajuda da CIA
No outono de 2017, foram recebidas chamadas em 144 cidades russas, alegando que bombas foram plantadas em milhares de edifícios, o que resultou na evacuação de mais de 960 mil pessoas. De acordo com as forças de segurança do país, algumas das chamadas foram feitas do exterior por pessoas associadas ao grupo terrorista Daesh.

O Serviço de Segurança Federal da Rússia (FSB) informou que as denúncias incorreram em danos de mais de 300 milhões de rublos (cerca de US $ 5,2 milhões). O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, chamou a situação de "terrorismo telefônico", acrescentando que todas as medidas necessárias foram tomadas para encontrar os perpetradores.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала