Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Índia divulga 'lista negra' de empresas de defesa estrangeiras envolvidas em corrupção

© AP Photo / Manish SwarupA ministra indiana da Defesa, Nirmala Sitharaman aperta a do secretário de Defesa dos EUA, Jim Mattis, durante visita ao escritório do Ministério da Defesa, em Nova Deli, na Índia.
A ministra indiana da Defesa, Nirmala Sitharaman aperta a do secretário de Defesa dos EUA, Jim Mattis, durante visita ao escritório do Ministério da Defesa, em Nova Deli, na Índia. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Ministério da Defesa indiano publicou uma lista de empresas envolvidas em esquemas de corrupção em contratos de equipamentos militares. As empresas listadas incluem as que pertencem a Israel, Itália, Suíça, Rússia, Grã-Bretanha e entidades domésticas de defesa.

De acordo com o documento, seis empresas ficam impedidas de participar de novas licitações do Ministério da Defesa da Índia. São elas: Singapore Technologies Kinetics Ltd (Singapura), Israel Military Industries (Israel), RAD (Suíça), Corporation Defense (Rússia), TS Kisan & Co e RK Machine Tools (ambas da Índia).

Lançamento do míssil hipersônico indiano - Sputnik Brasil
Ministério da Defesa da Índia realiza novo lançamento experimental do míssil Barak 8
Além dessas empresas descartadas, as operações e transações comerciais foram suspensas com outras 14 empresas, incluindo a Infotech Design System of Mauritius, com a qual a italiana Leonardo SpA (anteriormente conhecida como Finmeccanica) se juntou para alegadamente montar um esquema de propinas na casa dos US$ 570 milhões pela venda de 12 helicópteros AgustaWestland VVIP ao governo indiano.

Devido às acusações de corrupção, o Ministério da Defesa da Índia cancelou em 2016, um acordo de US$ 200 milhões com a Whitehead Alenia Sistemi Subacquei (WASS), uma subsidiária da Finmeccanica, prevendo a aquisição de torpedos para submarinos.

A medida pode acabar aliviando o peso para várias empresas israelenses, que desde o ano passado tentam fechar um contrato de US$ 2 bilhões para o fornecimento de armas pequenas para a infantaria do exército indiano.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала