Comandante da Marinha revela quantos submarinos nucleares Rússia está construindo

© Sputnik / Sevmash / Abrir o banco de imagensSubmarino nuclear russo de classe Borei (foto de arquivo)
Submarino nuclear russo de classe Borei (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Vladimir Korolev, comandante-chefe da Marinha russa, revelou o número exato de submarinos nucleares que estão sendo construídos nos estaleiros russos.

Seis submarinos estratégicos de propulsão nuclear, cinco submarinos de ataque gigantes, também de propulsão nuclear, e cinco submarinos de ataque de propulsão convencional estão sendo construídos nos estaleiros navais russos, comunicou Vladimir Korolev, comandante-chefe da Marinha russa, em uma entrevista ao jornal Krasnaya Zvezda.

"O desenvolvimento da componente submarina da Marinha corresponde às exigências da Doutrina Naval da Federação da Rússia. Desde 2013, a Marinha russa recebeu três cruzadores submarinos de mísseis do projeto Borei – Yuri Dolgoruky, Aleksandr Nevsky e Vladimir Monomakh [submarinos de propulsão nuclear de mísseis intercontinentais] – bem como um submarino de propulsão nuclear multifuncional do projeto Yasen", explicou.

Lançamento de um míssil de cruzeiro - Sputnik Brasil
Rússia segue sendo 'única ameaça existencial no espaço aéreo' que desafia EUA
"Outros cinco portadores de mísseis nucleares do projeto aperfeiçoado Borei-A e seis submarinos da classe Yasen se encontram em diferentes fases de construção", assinalou Vladimir Korolev.

O comandante comentou também a situação da componente convencional da Marinha russa.

"Quanto à componente convencional, há pouco tempo a Frota do Mar Negro foi equipada com seis submarinos diesel-elétricos modernos do tipo Rostov-na-Donu [submarinos de ataque do projeto 636.3 da classe Varshavyanka]. A mesma série está sendo construída para a Frota do Pacífico", assinalou Korolev.

Nos últimos cinco anos, aumentou o nível de treinamento de combate do pessoal naval, acrescentou o comandante. O número de horas passadas no mar em diferentes unidades da Marinha dobrou, enquanto o tempo médio de práticas de cumprimento de missões aumentou em um terço.

Além disso, o tempo de voo dos pilotos da Aviação Naval também dobrou, enquanto seu equipamento com aeronaves e helicópteros modernos cresceu 150% nos últimos cinco anos, informou Korolev.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала