Especialista aponta 'erro fatal' que Ocidente comete em relação à Rússia

© Sputnik / Yevgenia Novozhenova / Abrir o banco de imagensVista do Kremlin de Moscou
Vista do Kremlin de Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os países ocidentais consideram Rússia como um Estado expansionista, o que é um "erro fatal", declarou Gabriele Krone-Schmalz, ex-correspondente da emissora alemã ARD na União Soviética.

Segundo Krone-Schmalz, as tentativas do Ocidente de realizar políticas em relação à Rússia a partir da posição de força podem resultar em "discordâncias sérias".

Soldados e bandeira da OTAN - Sputnik Brasil
Chefe da OTAN inclui 'Rússia impertinente' na lista das principais ameaças mundiais
A especialista destacou também que a política externa da Rússia tem caráter exclusivamente estratégico e defensivo. Ex-correspondente explicou que a Rússia, com seu grande território, está rodeada por inimigos potenciais, o que a torna mais vulnerável que os EUA no seu continente. A situação se está agravando com a expansão da OTAN para leste, sublinhou ex-correspondente em um entrevista para edição suiça Luzerner Zeitung.

A incapacidade de os países ocidentais aceitarem e respeitarem a posição russa também foi criticada por Krone-Schmalz.

Para ela, a OTAN não deve aceitar na sua composição países tais como a Geórgia e Ucrânia, enquanto os países da UE têm que desistir das tentativas de democratizar a Rússia conforme os padrões ocidentais. Segundo a especialista alemã, isso pode contribuir para a diminuição da tensão entre o Ocidente e a Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала