Mais de 70 palestinos feridos em protestos contra reconhecimento de Jerusalém por Trump

© REUTERS / Mussa QawasmaManifestantes palestinos entram em confronto com soldados israelenses em Hebron, na Cisjordânia
Manifestantes palestinos entram em confronto com soldados israelenses em Hebron, na Cisjordânia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Mais de 70 palestinos foram feridos nesta sexta-feira na Faixa de Gaza e na Cisjordânia durante os protestos de uma nova "sexta-feira de ira", informou o Ministério da Saúde palestino.

Bandeiras de Israel e da Palestina - Sputnik Brasil
Crise sem fim: Palestina pode romper todos os laços com Israel, revela documento
Os protestos foram realizados pela décima sexta-feira consecutiva, após a declaração unilateral do presidente Donald Trump reconhecendo Jerusalém como a capital de Israel, em 6 de dezembro.

A maioria dos feridos foi atingida por disparos de soldados israelenses com balas de borracha e munição convencional, de acordo com o Ministério da Saúde.

Dois dos 27 palestinos feridos na Faixa de Gaza estão em condições críticas.

Na Cisjordânia, os hospitais locais informam ter admitido 44 feridos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала