Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Turquia adverte sobre perigo para militares norte-americanos na Síria

© REUTERS / Rodi SaidSoldados das Unidades de Proteção Popular (YPG)
Soldados das Unidades de Proteção Popular (YPG) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Militares americanos vestidos com uniformes das Unidades de Proteção Popular (YPG) podem virar alvo da operação turca na Síria, declarou o vice-premiê turco, Bekir Bozdag.

As relações entre Ancara e Washington passam por uma séria crise devido ao apoio militar que os EUA prestam às YPG, consideradas organização terrorista pela Turquia.

"Se os terroristas [das YPG] não deixarem Manbij, lançaremos uma operação militar nesta região síria, assim como a leste do rio Eufrates. Com isso, os militares dos EUA em uniformes das YPG também virarão alvos de nossas Forças Armadas", declarou Bozdag citado pelo canal CNN Turk.

Membro das milícias curdas perto de Sinjar, 13 de novembro 2015 - Sputnik Brasil
Milícias curdas atacam sul da Turquia com mísseis
Na quarta-feira (31) o vice-premiê turco apelou a Washington que envidasse esforços a fim de evitar confrontos entre militares turcos e americanos no norte da Síria. Segundo Bozdag, Ancara faz tudo para evitá-lo, mas os esforços têm que ser aplicados por ambas as partes.

A Turquia está realizando a operação Ramo de Oliveira contra os curdos em Afrin desde 20 de janeiro. Os militares turcos são apoiados pelos combatentes do Exército Livre da Síria, que se opõem ao Governo sírio.

Damasco condena a ofensiva turca em Afrin, chamando este território de parte integrante da Síria. Os EUA declaram que a operação turca pode levar à escalada da situação na Síria. Moscou pede às partes que mostrem comedimento e respeitem a integridade territorial da Síria.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала