Rússia planeja criar novo exército no Extremo Oriente

© Sputnik / Ramil Sitdikov / Abrir o banco de imagensUm voo de demonstração do caça russo da geração 4++ MiG-35
Um voo de demonstração do caça russo da geração 4++ MiG-35 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Aviação naval russa e as forças de defesa aérea da Frota do Pacífico serão unidas e o quartel-general do novo exército se encontrará na península de Kamchatka.

O novo exército controlará Kamchatka, distrito autônomo de Chukotka e região ártica. A sua criação vai começar em 2018. Espera-se que, no futuro, na área de responsabilidade da nova unidade entrem as Ilhas Curilas, mar do Japão (também conhecido como mar do Leste) e mar de Okhotsk, informou o jornal russo Izvestia, citando o Ministério da Defesa da Rússia.

Caça russo da quinta geração Su-57 - Sputnik Brasil
Novidade mais importante: do que é capaz caça russo Su-57 com novo motor
A nova unidade de defesa contará com aviação, mísseis e tropas radiotécnicas. Além disso, será alterada a estrutura da Força Aérea: ao invés de bases aéreas, criadas em 2008, prevê-se restituição de regimentos e divisões.

Segundo o jornal, a nova unidade de defesa será responsável pelo monitoramento das ameaças e rechaço de possíveis ataques aéreos.

Para o editor-chefe do jornal Arsenal Otechestva (Arsenal da Pátria, em russo), coronel Viktor Murakhovsky, a reforma é necessária para melhorar coordenação militar. Segundo ele, não é razoável ter um exército da Força Aérea e da Defesa Aérea no Distrito Militar do Leste. Murakhovsky lembrou que regimentos e divisões já substituíram bases aéreas no Distrito Militar Oeste da Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала