Economistas revelam que país sofreu mais com as sanções antirrussas

© AFP 2022 / Philippe HuguenEuros
Euros - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As exportações alemãs estão sofrendo os maiores danos na União Europeia relacionados com as sanções antirrussas, comunica a mídia alemã citando uma pesquisa do Instituto de Economia Global de Kiel.

Participante da 11ª Conferência Ministerial da Organização Mundial de Comércio em Buenos Aires, Argentina - Sputnik Brasil
Para deputado russo, tentativas de impor sanções fazem mundo retroceder 50 ou 60 anos
"A Alemanha sofre quase 40% dos danos comerciais entre os países do Ocidente, enquanto outros grandes atores geopolíticos […] estão sendo afetados de modo muito menor", diz o relatório citado pelo jornal Frankfurter Allgemeine Zeitung.

De acordo com o Instituto, as exportações britânicas para a Rússia caíram 7,9%, as francesas — 4,1%, enquanto as estadunidenses — apenas 0,6%.

As exportações mensais alemãs para a Rússia diminuíram em média 727 milhões de euros (cerca de 2,9 bilhões de reais) por mês.

Ademais, frisa-se que apenas no ano de 2015 as perdas dos países ocidentais, no contexto da limitação do comércio, somaram 44 bilhões de dólares (quase 147 bilhões de reais), sendo que 90% delas correspondem aos países da UE.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала