Não haverá independência no Curdistão iraquiano?

© AFP 2022 / SAFIN HAMEDMoças curdas seguram a bandeira da Curdistão iraquiano na cidade de Arbil
Moças curdas seguram a bandeira da Curdistão iraquiano na cidade de Arbil - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Supremo Tribunal do Iraque anulou hoje (20) o referendo da independência do Curdistão, realizado em setembro.

Os resultados do referendo sobre a independência realizado na região autônoma do Curdistão iraquiano foram oficialmente anulados nessa segunda-feira pelo Supremo Tribunal do Iraque, informou o Global Times citando a televisão estatal iraquiana.

Presidente do Curdistão iraquiano, Masoud Barzani, durante uma coletiva de imprensa - Sputnik Brasil
'Por que Washington nos castiga?': ex-líder do Curdistão iraquiano acusa EUA de traição
"O Supremo Tribunal Federal emitiu um veredito que afirma que o referendo de 25 de setembro”, realizado de maneira unilateral no Curdistão iraquiano, "foi inconstitucional", anunciou o canal público Iraqiya.

Em 25 de setembro, mais de 90% dos eleitores que participaram do referendo no Curdistão iraquiano apoiaram a independência da região em relação a Bagdá. 

As autoridades iraquianas declararam o referendo ilegal, enquanto a Turquia e o Irã criticaram a votação por medo de fortalecimento dos sentimentos separatistas entre suas próprias minorias étnicas curdas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала