Kushner cobrou demissão de 20% dos funcionários da CNN por cobertura 'desleal' da eleição

© AFP 2022 / L.E. BASKOW Trump e CNN
Trump e CNN - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O genro e conselheiro do presidente dos EUA Donald Trump, Jared Kushner, cobrou da direção da Time Warner, dona da CNN, a demissão de 20% dos funcionários da emissora pela cobertura "incorreta" das eleições presidenciais norte-americanas de 2016, informou o The Wall Street Journal, citando fontes anônimas.

Segundo a publicação, Kushner se reuniu para discutir o tema com o representante da direção do grupo empresarial, Gary Ginsberg.

Em outubro, o presidente dos EUA, Donald Trump, acusou diversas emissoras norte-americanas de divulgar informações falças, classificando os seus jornalistas de "beletristas".

Fazendo coro ao polêmico chefe de Estado, o ex-presidente dos Estados Unidos, Jimmy Carter, declarou que os meios de comunicação em massa estão exercendo uma pressão sem precedentes na história do país sobre Donald Trump.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала