Mídia: Rússia possui seu próprio 'marciano' que salvará Terra do apocalipse nuclear

CC0 / / Um extraterrestre
Um extraterrestre - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Boriska Kipriyanovich, que vive na cidade russa de Volgogrado, afirma ter vivido no Planeta Vermelho após seu renascimento na Terra com os "outros" para cumprir a missão de salvar a humanidade, informa o The Sun.

Extraterrestre - Sputnik Brasil
Cientista: na Terra há pessoas com implantes extraterrestres
De acordo com o jovem russo, ele foi testemunha da morte da civilização do Planeta Vermelho devido a uma catástrofe nuclear e não quer permitir o mesmo destino para a Terra. 

Boriska Kipriyanovich da cidade de Volgogrado (no sudeste da parte europeia da Federação Russa) declarou que viveu em Marte antes de ter renascido na Terra, onde foi enviado junto a "outros" para cumprir a missão – salvar a humanidade da catástrofe, informa o The Sun

Segundo ele, sua própria "raça de marcianos" foi praticamente destruída resultante de uma guerra nuclear há centenas de anos e agora ele receia que a humanidade possa enfrentar o mesmo destino. 

Jovem russo adverte que a humanidade enfrentará a mesma catástrofe se não levar em consideração suas palavras. 

A figura de um extraterrestre em um estacionamento na cidade de Baker, estado norte-americano de Califórnia. Foto de arquivo, 10 de maio de 2015 - Sputnik Brasil
Mineiros russos encontram 'aeronave extraterrestre' (VÍDEO)
O russo de 21 anos afirma que não é o único jovem do espaço na Terra. De acordo com ele, há outras pessoas parecidas com ele enviadas para a Terra com uma missão especial, ele acrescentou que muitos marcianos são imortais e param de envelhecer aos 35 anos. Segundo o jovem "índigo" eles se destacam pela grande altura, construíram uma civilização tecnologicamente desenvolvida e ainda conquistaram as estrelas. 

"Lembro-me do tempo quando tinha 14 ou 15 anos. Os marcianos sempre guerreavam e eu frequentemente efetuava ataques aéreos com um dos meus amigos. Podíamos viajar no tempo e ir ao espaço em aeronaves redondas, mas monitorávamos a Terra em aeronaves triangulares. As aeronaves marcianas eram muito complexas", afirmou o jovem russo. 

Os pais de Boriska estão certos de que seu filho fala a verdade sobre a sua vida em Marte. 

"Tínhamos mostrado nosso filho a muitos cientistas – ufólogos, astrônomos e historiadores e todos eles concordaram que isto é impossível", afirmou a mãe do jovem russo. 

De acordo com o The Sun os médicos da medicina tradicional reconhecem que o jovem possui uma capacidade única, mas não comentam se confiam em sua história de vida em Marte. Mas o conhecimento dele em Sistema Solar deixa muitos cientistas e analistas perplexos.  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала