Procurador espanhol solicita ordem de prisão contra ex-líderes da Catalunha

© REUTERS / Albert GeaCarles Puigdemont, o ex-presidente da Catalunha
Carles Puigdemont, o ex-presidente da Catalunha - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A iniciativa surgiu depois de o ex-presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, que no momento está na Bélgica, não ter comparecido ao Tribunal.

Parlamento da Catalunha (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Parlamento da Catalunha reconhece decisão de Madri de dissolvê-lo
O procurador da Catalunha solicitou uma ordem de prisão contra o ex-líder da Catalunha, bem como contra quarto funcionários de alto nível da polícia local.

Anteriormente, o advogado de Carles Puigdemont afirmou que seu cliente não tinha intenções de comparecer à audiência do Tribunal. Contudo, posteriormente, ele explicou que o ex-líder da Catalunha não compareceu devido a questões climáticas.

A decisão do procurador da Espanha veio depois de o ex-presidente catalão ter recebido solicitação de comparecimento ao Tribunal por ter organizado rebelião, sedição e desvio de verbas estatais.

O ex-líder catalão se recusou a reconhecer este passo de Madri e solicitou "resistência pacífica" à decisão.

Dias depois, Puigdemont participou de coletiva de imprensa na Bélgica, onde afirmou que voltará à Catalunha somente se receber "garantias" de que estará seguro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала