Catalunha acusa governo espanhol de aplicar 'golpe de Estado'

© REUTERS / Vincent WestMilhares de manifestantes caminham atrás de uma bandeira em que se lê "Votar para decidir" "Democracia, Catalunha, estamos com você", durante uma marcha organizada pela organização de independência pro-basca.
Milhares de manifestantes caminham atrás de uma bandeira em que se lê Votar para decidir Democracia, Catalunha, estamos com você, durante uma marcha organizada pela organização de independência pro-basca. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A presidente do Parlamento da Catalunha, Carme Forcadell, classificou de "golpe de Estado" a aplicação do artigo 155 da Constituição da Catalunha, anunciada pelo presidente espanhol, Mariano Rajoy.

"O presidente Rajoy cruzou todos os limites, anunciou um golpe de fato", disse a presidente do parlamento catalão. 

Primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy durante pronunciamento em Madri, na Espanha - Sputnik Brasil
Analista político: 'Constituição da Espanha se sobrepõe a autonomia da Catalunha'
A declaração da Catalunha vem após o governo espanhol ter decidido neste sábado (21) destituir o presidente catalão, Carles Puidgmemont, e o seu governo em resposta às manifestações pela independência da Catalunha. Esta medida faz parte da aplicação do 155º artigo da Constituição, que suspende o regime de autonomia da Catalunha. 

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rojoy, decidiu dissolver o parlamento e antecipar as eleições da Catalunha, agravando a crise na região. 

No dia 1º de outubro, na Catalunha foi realizado um referendo sobre a independência da região, no qual, de acordo com autoridades locais, mais de 90% votaram a favor da separação da Espanha. A Corte Institucional da Espanha qualificou a votação como ilegal por não condizer com a Constituição do país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала