Catalunha: 'O ambiente é festivo e alegre, misturado com um pouco de indignação'

Nos siga noTelegram
Uma senhora de 102 anos e jovens que esperaram uma hora e meia para votar no referendo catalão: este foi o cenário multifacetado encontrado no colégio eleitoral visitado pela Sputnik neste domingo (1).

Nosso correspondente esteve no centro de edução secundária Joan Maragall, em Barcelona, onde entrevistou Ester, presidente de uma das mesas eleitorais.

"Embora muitos incidentes com o sistema de validação dos votos tenham ocorrido, a verdade é que tivemos que mudar com frequência a rede que estávamos conectados [com o aplicativo responsável pela votação], mas conseguimos validar muitos votos."

Barcelona, Espanha, na votação do referendo sobre a independência da região - Sputnik Brasil
Premiê espanhol deve responder ao mundo pela repressão na Catalunha, diz Maduro
De acordo com Ester, as mesas eleitorais deviam registrar os documentos dos votantes em uma página na internet para evitar votos duplicados.

Um dos cidadãos que foi expressar sua opinião através da votação disse que teve que esperar em uma fila "por uma hora ou uma hora e meia".

"O ambiente é festivo e alegre, misturado com um pouco de indignação com a brutalidade policial contra a população pacífica que apenas queria votar… por isso é uma mescla de sentimentos entre a alegria pelo voto no referendo e a indignação, consternação e impotência por essa brutalidade ordenada por Madrid".

Segundo as autoridades catalãs, 2.262.424 pessoas participaram do referendo — e cerca de 90% delas votou pela independência da Espanha. 

A votação foi marcada por episódios de violência policial e mais de 800 pessoas ficaram feridas. O Governo do primeiro-ministro Mariano Rajoy não reconhece a legitimidade do referendo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала