Ladrão devolve pedra roubada por causa do 'fantasma do príncipe sem cabeça'

Nos siga noTelegram
Um turista da Austrália roubou uma pedra do mosteiro galês de Cwmhir, contudo, depois de roubá-la, ele decidiu devolvê-la por ela ser amaldiçoada, comunica a edição The International Business Times.

Ao lado da pedra, o australiano deixou uma carta dizendo "estar sendo perseguido pelo fantasma do príncipe sem cabeça". A construção da abadia de Cwmhir em 1170 é atribuída ao rei galês, Cadwallon ap Madog, que foi assassinado nove anos depois. 

"Lamento muito que eu peguei, peguei emprestado, roubei este pedaço da antiga abadia. Eu era um grande fã dos reis galeses e de sua história, por isso peguei a pedra", escreveu o australiano na carta.

Depois de ter roubado a pedra, "o príncipe ficou bravo". Desde então, o australiano estaria sendo perseguido pela maldição, por isso decidiu devolvê-la.

"Não vou deixar meu nome e endereço. Eu só peço desculpas do fundo do meu coração. Um fã australiano", essas são as últimas palavras escritas na carta. Segundo dados da edição, a pedra e a carta estão sendo exibidas na entrada do mosteiro. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала