A batalha da Lituânia contra a vodca

© Sputnik / Vladimir Astapkovich / Abrir o banco de imagensFábrica de vinhos em Moscou
Fábrica de vinhos em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Atrás de uma pesada porta de madeira ao lado de uma igreja em Vilnius, algumas dúzias de homens lituanos estão falando sobre sua dependência do álcool. O moderador é Kestutis Dvareckas, um padre que está há uma década sóbrio.

Pessoa intoxicada recebe tratamento em dos hospitais de Irkutsk, Rússia - Sputnik Brasil
Ingestão de produto cosmético com álcool provoca morte de 77 pessoas na Rússia
O pequeno país do Leste Europeu de 2,8 milhões de habitantes lidera o ranking de consumo de álcool da Organização Mundial da Saúde (OMS). Com um consumo per capita médio de 18,2 litros em 2016, o cidadão médio da Lituânia bebe mais que os da Bielorrússia, Moldávia e Rússia.

"Beber no trabalho era tolerado em várias ocasiões desde a era soviética. Hoje, você ainda vê álcool em batismos e enterros", disse o padre Dvareckas, de 37 anos, à AFP.

Segundo dados da OMS de 2014, 16,7% dos homens da Lituânia abusam do álcool ou são dependentes da bebida.

O psicólogo Visvaldas Legkauskas, da Universidade Vytautas Magnus, acredita que o "pessimismo lituano" é em grande parte culpado pela situação.

"A vida não é tão ruim aqui, mas temos esse traço de caráter e afogamos nossas tristezas no álcool ou cometemos suicídio", disse ele à AFP.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала